Perfomance Tetéia

 

No dicionário Teteia significa:  “Brinquedo de criança, berloque, coisa graciosa e delicada, mulher bonita, atraente e graciosa”. Curiosamente, aprendi essa palavra com meu irmão Ruan Felipe que, quando criança chamava, talvez pela sonoridade, nossa irmã Ysthéfane de Teteia. Mote para uma performance? Claro! Porque isso fala da nossa irmandade, que se inventou como Teteia contra os desafetos da violência machista. Então, vestido de lingerie vermelha, puxo um caixão e passeio com um megafone que toca músicas infantis dos anos 80. Assim, memórias e imaginações se relacionam com os des (afetos) das pessoas que transitam pela cidade. Arrastar o caixão é carregar o lúdico de um “pagador (a) de promessas” da pista, do porto e dos bordéis na vertigem cotidiana das cidades.

1/7

clique nas fotos para ampliá-las